Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. OK Ler mais
Aumentar Texto
Diminuir Texto
Sublinhar Links
Reset

Notícias ver mais

Sociedade
De 28 de outubro a 13 de novembro, Festival Outono Vivo enche a Praia da Vitória de livros e cultura
14 outubro 2022
O festival literário e cultural Outono Vivo decorre de 28 de outubro a 13 de novembro, enchendo a Praia da Vitória de Literatura, Teatro, Cinema, Dança e Música.
 
A presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Vânia Ferreira, considera que o programa apresentado esta sexta-feira, dia 14, demonstra o compromisso do executivo municipal e da Cooperativa Praia Cultural em continuar a consolidar o evento como um marco no panorama cultural regional e nacional.
 
“O Outono Vivo é, segundo várias opiniões, um momento já indelével no calendário cultural local, regional e nacional. A sua qualidade é inegável e o nosso compromisso é continuar a valorizá-lo. Este festival não é um custo, é um investimento. Porque investir na cultura, investir na leitura, investir no conhecimento é um investimento no presente e no futuro”, sublinhou a autarca praiense, que falava na conferência de imprensa de apresentação do programa do XVII Outono Vivo, festival literário e cultural que se realiza anualmente na Academia de Juventude e no Auditório do Ramo Grande, na Praia da Vitória.
 
Segundo a vereadora da Cultura na Autarquia e presidente da Cooperativa Praia Cultural, entidade gestora do evento, o elemento central do evento – a Feira do Livro – mantém os mesmos moldes: cerca de 20 mil títulos em venda, de 80 editoras e chancelas regionais e nacionais.
 
“Nesta aspeto, a única novidade é que a gestão e logística associadas à Feira do Livro passam diretamente para a Cooperativa Praia Cultural. O Carlos Lima, na Papelaria 96, continua a sua ligação ao evento como livreiro”, explicou Paula Sousa.
 
A vereadora da Cultura adianta que, na edição deste ano, estarão presentes 14 escritores nacionais, 16 escritores açorianos e um escritor luso-americano.
 
“Teremos diversas apresentações e lançamentos de livros, várias mesas-redonda de debates e sessões de autógrafos. Vão ser apresentadas obras do Instituto Histórico da Ilha Terceira e do Instituto Açoriano de Cultura e teremos um vasto programa junto das escolas, do pré-escolar ao secundário, promovendo os hábitos de leitura e o contacto com realidades culturais”, sublinhou a responsável municipal.
 
“É um programa vasto e eclético. Um programa que nos orgulha e que, certamente, agradará vários públicos, dos mais novos aos mais velhos”, enfatiza Paula Sousa.
 
Programa do Festival
 
Além da Feira do Livro, patente de 28 de outubro a 13 de novembro, está previsto na sexta-feira, dia 28, pelas 22h00, o café-concerto de Sara Cruz, no bar da Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira (AJAIT). No sábado, dia 29, às 16h00, decorre um Roteiro Poético Literário pela Cidade aberto à comunidade, com o escritor Renato Nunes, sendo o ponto de concentração na AJAIT. À mesma hora, tem início a apresentação do livro "Arqueologia da Atlântida", de José Luís Neto, do Instituto Açoriano da Cultura (IAC), no bar da AJAIT. Pelas 18h00, no mesmo local, decorre a apresentação do livro "Pedra após Pedra. A Palavra", de Renato Nunes (pseudónimo literário), escrito por Fernando Alva, das editoras Poesia Fã Clube (I) e Artelogy (II e III). Às 20h00, o escritor Pedro Chagas Freitas apresenta a obra "A Raridade das Coisas Banais", no bar da AJAIT. O Teatro marca presença no Auditório do Ramo Grande, pelas 22h00, com o grupo “Pé de Milho”, que apresentará “Grito no Outono”, inspirado na peça homónima de Romeu Correia.  
 
No domingo, dia 30, pelas 16h00, será apresentada a obra "Gaspar Frutuoso, o Homem e a Obra", por Avelino Meneses, da editora Letras Lavadas, no bar da AJAIT.
Pelas 18h00, e no mesmo local, decorre a apresentação da obra "Como Quem Vai ao Horizonte - Poesia Reunida", de Marcolino Candeias, pelo IAC. Às 20h00 tem início, e no mesmo local, a apresentação do livro "Homens Livro", cujos autores são Bento Ramires, Carlos Marta, Rui Guedes, da editora Livraria L. O dia culmina, pelas 22h00, com o espetáculo de Ruben Bettencourt, no ARG.
Na segunda-feira, dia 31, com início às 20h00, no local habitual, tem lugar a apresentação da obra "A Espia do Oriente", de Nuno Nepomuceno. A noite de Halloween é assinalada com a exibição do filme “Smile”, pelas 22h00, no ARG.
 
No feriado (dia 01 de novembro), terça-feira, decorre, pelas 15h00, o cinema infantil “Cinderela e a Pequena Feiticeira”, no ARG. Uma hora depois tem início, no bar da AJAIT, a apresentação da Revista "Grotta", da editora Letras Lavadas. Pelas 18h00, o livro de Leandro Ávila "Os Açores nos Debate Parlamentares Vintistas", com o apoio da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, é apresentado no bar da AJAIT. A escritora Elisabete Bárbara marcará presença, às 20h00, também no bar da AJAIT com as obras "Lado a Lado" e "O Caminho Passo a Passo", da editora Presença.   
                    
Na quarta-feira, dia 02, às 20h00, decorre a apresentação da obra "Mariana", de Manuel Ferraz Cardoso, numa edição de Autor, no bar da AJAIT. Às 22h00, e no ARG, tem início o documentário “Um Corpo que Dança”, de Marco Martins.     
                  
Na quinta-feira, dia 03, terá lugar, pelas 20h00, no bar da AJAIT, a Tertúlia "O Livro da Minha Vida", estando ainda previsto, pelas 22h00, o espetáculo de dança “HumanaMente”, no ARG. A 04, sexta-feira, às 20h00, decorre a apresentação da obra “Grupo Voz da Saudade - A sua História e a sua Mensagem”, de António Silva, num Edição de Autor, no bar da AJAIT. Luís Coelho apresenta “Contos de Cordas”, no ARG, a partir das 22h00.
 
No sábado, dia 05, pelas 16h00, no bar da AJAIT, terá lugar a apresentação da obra "100 Anos de Sport Clube Lusitânia", de Liduíno Borba, da Turiscom. Pelas 18h00, Rute Agulhas apresenta a obra "O Grande Livro da Violência Sexual", das Edições Sílabo, no bar da AJAIT. Neste local, decorrerá ainda a mesa redonda intitulada "SaudávelMente nas Escolas". O dia culmina com a atuação da fadista Vera Brasil, às 22h00, no ARG.
 
No domingo, dia 06, pelas 16h00, decorre a apresentação da obra "Quando a Casa é Escrita no Mar", de Carolina Bettencourt, no bar da AJAIT, seguindo-se às 18h00, no mesmo local, o livro "Monstrocedário", da autoria de Joana Maurício e de Cristina Arvana, da editora Penguin. Pelas 20h00, Laborinho Lúcio marca presença no certame com a obra "As Sombras de uma Azinheira", da editora Quetzal. O ARG acolhe, às 22h00, o Concerto das Filarmónicas da Terra Chã e Recreio Lajense.
 
Na segunda-feira, dia 07, às 20h00, decorre o Encontro de Arquitetos, da Ordem dos Arquitetos, no bar da AJAIT. No ARG, pelas 22h00, terá lugar o documentário “7.2”, de Jorge Monjardino. A 08, terça-feira, a partir das 14h00, acontece a tarde sénior dedicada aos idosos com um recital de poesia, protagonizado por Judite Parreira e acompanhado pelo instrumento musical luAlí Tongue Drum Pan, no bar da AJAIT, e visita à feira do livro. Pelas 20h00, no mesmo local, António Leal, numa Edição de Autor, dá a conhecer a obra "Dispersos - O Tempo e as Metamorfoses do Amor".                                
 
No dia 09, quarta-feira, pelas 20h00, decorre a apresentação da obra “"Guia Prático da Flora Nativa dos Açores", Rosalina Gabriel e Paulo Borges, no bar da AJAIT. Pelas 22h00, no ARG, tem lugar a sessão de cinema independente “No País de Alice”, de Rui Simões. No dia seguinte, dia 10, Tânia Ferreira, numa Edição de Autora, apresenta, no bar da AJAIT, "CONTA-ME - Contos Curtos que Retratam um Quotidiano".    
                                  
A 11, sexta-feira, pelas 20h00, decorre a Oficina do Livro, com Claúdia Andrade, no bar da AJAIT, estando previsto o espetáculo musical do Quarteto “João da Ilha”, pelas 22h00, no ARG. No sábado, dia 12, pelas 16h00, no ARG, terá lugar apresentação do livro "(Sobre)vivi à Adolescência", de Kiki Ferreira, seguindo-se às 18h00 a palestra intitulada "Reflexões: Escravos, Escravatura e Abusos", por Maduro Dias, no bar da AJAIT. Às 20h00, e numa obra da Cultura Editora, é apresentado o livro “A Escrava Açoriana”, de Pedro Almeida Maia, também no bar da AJAIT. Às 22h00, Fábio Ourique sobe ao palco do ARG para um espetáculo intitulado “Clássicos da Música Portuguesa”.
 
No último dia de Outono Vivo, domingo, pelas 16h00, no bar da AJAIT, Carlos Enes apresenta o “Álbum Terceirense”, estando ainda previsto, pelas 18h00, a obra “Quadras Silvestres”, de Álamo de Oliveira, no mesmo local, apoiada pela Junta de Freguesia do Raminho. Às 20h00, João Bosco Mota Amaral dissertará sobre a obra intitulada “Fotobiografia de Mota Amaral”, no bar da AJAIT. O Orfeão da Praia da Vitória realiza, pelas 22h00, um espetáculo, no ARG.     
 
Durante todo o Outono Vivo, estarão patentes duas exposições: uma de trabalhos do ceramista António Pedroso e outra do pintor Luís Parreira.
 
O programa apresentado esta sexta-feira, dia 14, está sujeito a alterações.
      
Outono Vivo nas Escolas do Concelho
No período de 20 de outubro a 13 de novembro, o Outono Vivo visita os estabelecimentos de ensino do Concelho (pré-escolar, 1º ano, 2º e 3º ciclos, e secundário), com diversas atividades, nomeadamente o Teatro Dom Roberto, com Ricardo Ávila; uma Sessão de Contos, com o apoio da Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro; o trabalho” Nemésio por Inteiro”, protagonizado por Ricardo Martins; um workshop de Escrita Criativa, com a escritora Elisabete Bárbara; e Conto “Monstrocedário”, pela autora e ilustradora Joana Maurício e Cristina Arvana.
O conjunto de iniciativas, adaptadas a diferentes faixas etárias, visa sensibilizar e envolver as crianças e jovens para a importância da leitura e da escrita, enquanto veículo de cultura e dinamização de ideias.
 
Horários de funcionamento da Feira do Livro e do Bar da AJAIT             
A feira do livro do OV funcionará de segunda a quinta-feira, das 12h00 às 22h00; à sexta-feira, entre as 12h00 e as 23h00; ao sábado, das 10h00 às 23h00, e no domingo, entre as 10h00 e as 22h00.  
Nos dias 31 de outubro (dia de Halloween), o horário é das 10h00 às 23h00, sendo o funcionamento da mesma no feriado de 01 de novembro, entre as 10h00 e as 22h00.
No que concerne aos horários de funcionamento do bar da AJAIT, estes são de segunda a sexta-feira, das 18h00 às 22h00, e aos sábados, domingos e feriados das 13h00 às 23h00. 

Notícias Relacionadas

Sociedade
05 agosto 2022
Chuva intensa provoca 15 ocorrências no concelho da Praia da Vitória
A presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Vânia Ferreira, indiciou, ao final da tarde de sexta-feira, dia 05, o registo de 15 ocorrências no concelho, provocadas pelas chuvas intensas que se fizeram sentir entre quinta-feira, dia 04, e sexta-feira, dia 05.
Sociedade
02 junho 2022
Órgão consultivo para as políticas de juventude municipais, Conselho Municipal de Juventude tomou posse na Praia da Vitória
Os membros do Conselho Municipal de Juventude da Praia da Vitória tomaram posse na primeira reunião do órgão consultivo, que decorreu na tarde de quarta-feira, dia 01, na Academia da Juventude.
Sociedade
28 junho 2022
Iniciativa da Câmara Municipal, Projeto “Cuida +” apoia idosos a partir dos 65 anos em isolamento social
A Câmara Municipal da Praia da Vitória encontra-se a promover, durante este mês de junho, junto das Juntas de Freguesia do Concelho, o projeto sénior “Cuida +” ...